Terça, 13 Julho 2021 20:17

Polícia Civil prende agente penitenciário por descumprimento de medida protetiva de urgência e ameaça

Polícia Civil prende agente penitenciário por descumprimento de medida protetiva de urgência e ameaça Ascom/Polícia Civil

Uma investigação da Polícia Civil de Roraima, por meio da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), realizada no início da manhã desta terça-feira (13), no bairro Caimbé, resultou na prisão, por força de um mandado de prisão preventiva, do agente Penitenciário S. M. P. S., de 34 anos. Ele é apontado de descumprir Medida Protetiva de Urgência deferida pela Justiça, contra a ex-namorada, a autônoma S. M. P., de 29 anos.

De acordo com a delegada titular da DEAM, que presidiu os trabalhos, Jaira Farias, a vítima terminou a relação com o acusado há vários meses e está em outra relação. Mesmo assim, ele vinha incomodando a mulher, fazendo ameaças o que a levou a solicitar uma Medida Protetiva de Urgência, deferida pela Justiça.

“Mesmo assim, ele não parou de importunar a vítima, fazendo ameaças dizendo que iria acabar com a vida dela, difamando-a, postando fotos dela nua nas redes sociais. Ele vinha rondando a casa da vítima e a mulher teme por sua vida. Ela está com três meses de grávida, uma gravidez de risco e tem passado por muitos problemas emocionais e psicológicos em virtude da violência que vem sofrendo”, disse a delegada.

Segundo Jaira Farias, desde o mês de novembro do ano passado, a vítima solicitou Medida Protetiva de Urgência, possuindo duas medidas, e suspeito foi notificado, mas mesmo assim as ameaças não cessavam.

“Ele estava rondando a casa dela que estava muito assustada. Há prints das ameaças dele contra ela, em que dizia que “o pior estava por vir”, porque ela tomou a decisão de denunciá-lo à Instituição que ele trabalha. A mulher está muito apavorada. Então, comunicamos o descumprimento ao Juiz e a prisão dele foi decretada pela Justiça. Além disso, cumprimos mandado de busca e apreensão na casa dele”, disse a delegada.

O agente penitenciário foi conduzido à DEAM, onde teve sua prisão preventiva formalizada. Ele foi apresentado na Custódia da Polícia Civil para ser apresentado na Audiência de Custódia da Justiça