Terça, 09 Junho 2020 22:03

Polícia Civil de Roraima recebe 136 mil em novos equipamentos de informática

Os computadores começaram a ser distribuídos nas delegacias nesta terça-feira, 9 Os computadores começaram a ser distribuídos nas delegacias nesta terça-feira, 9 Ascom/Polícia Civil

As delegacias da PCRR (Polícia Civil de Roraima) começaram a receber, nesta terça-feira, 9, novos computadores e scanners, material indispensável para o andamento das atividades da Polícia Judiciária. Ao todo, são 25 unidades de cada equipamento, doados pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), para os estados que utilizam o SINESP/PPe. O investimento é de aproximadamente R$ 136 mil.

De acordo com o diretor do Departamento Administrativo, delegado Jimmy Santana, apenas nove estados do País receberam os equipamentos do Ministério da Justiça. Os microcomputadores são modelo Positivo Master D3200, com processador Core i3, 8 GB de memória e 1 TB de HD, com webcam para captura de imagens. “Essa doação somente foi possível porque o Estado de Roraima é um dos nove estados que fazem uso do SINESP/PPe, plataforma digital do Ministério da Justiça onde realizamos os registros boletins de ocorrência”, disse Santana.

Na capital, os locais que receberão os equipamentos são: Delegacia Geral, Decor (Divisão Especial de Combate à Corrupção), DRCAP (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Administração Pública), Corregedoria Geral, Central de Flagrantes, 1º, 2º, 3º, 4º e 5º Distritos Policiais; DPE (Departamento de Polícia Especializada), NPCA (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente), Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), DGH (Delegacia Geral de Homicídios), DAT (Delegacia de Acidentes de Trânsito) e DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente).

No interior, as unidades que vão receber os equipamentos são as delegacias de Alto Alegre, Normandia, Iracema, Rorainópolis, Pacaraima, Caracaraí, São João da Baliza e de Bonfim. “Nossa meta principal é estruturar as delegacias de Polícia, seja com equipamentos ou outros itens necessários para a manutenção dos trabalhos policiais, de forma que possamos atender aos servidores, mas principalmente aos cidadãos”, destacou o diretor.