Segunda, 22 Novembro 2021 18:28

Polícia Civil prende servidor público sentenciado por estupro de vulnerável

A prisão do homem foi formalizada na sede da Polinter A prisão do homem foi formalizada na sede da Polinter Ascom/Polícia Civil
Agentes do SIOP (Seção de Investigação e Operação) da Polinter (Delegacia de Polícia Interestadual), prenderam no final da manhã desta sexta-feira (19), o servidor público G.S.M. de 48 anos. Ele teve sua prisão decretada por sentença penal condenatória por crime de estupro de vulnerável. O crime aconteceu no ano de 2010 e a vítima era sua enteada, à época com 12 anos de idade.
 
O homem foi preso em sua residência no bairro Laura Moreira, e, foi colaborativo com a ação policial e não resistiu à prisão. Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, a partir de setembro do ano de 2010, o acusado constrangeu sua enteada de 12 anos a manter relação sexual com ele. O ato se repetiu por várias vezes, até que o acusado foi denunciado e preso por uma guarnição da Polícia Militar.
 
Ele foi processado e sentenciado pelo crime pela Vara de Crimes Contra Vulneráveis à pena definitiva de 14 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. O mandado de prisão dele foi comunicado à Polinter às 9h30 de hoje e, às 10h40 ele foi localizado e preso.
 
A prisão do homem foi formalizada na sede da Polinter. Posteriormente ele foi levado foi submetido a exame de integridade física no IML (Instituto de Medicina Legal) e encaminhado para a Custódia da Policia Civil.