Segunda, 22 Novembro 2021 18:24

CANTÁ - Polícia Civil prende suspeito de atirar no primo por causa de dívida

 L.C.S., é acusado de atirar com uma espingarda contra o próprio primo L.C.S., é acusado de atirar com uma espingarda contra o próprio primo Ascom/Polícia Civil
Agentes da delegacia do Cantá, coordenados pelo delegado do município, Ronaldo Sciotti, concluíram mais uma investigação com o cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor de L.C.S. 28 anos. Ele é acusado de atirar com uma espingarda contra o próprio primo, devido a uma dívida. O homem foi preso na manhã desta quinta-feira (18), no sítio da irmã, próximo à sede do município.
 
Conforme explicou o delegado, o crime ocorreu na Comunidade Canauanin, no dia 13 de setembro deste ano, por volta das 6h30. A vítima estava saindo da sua casa na região para uma viagem à Boa Vista. O suspeito teria se aproximado do carro e atirado.
 
“No dia do fato, o suspeito foi à casa do primo, que estava em um carro, junto a sua esposa e um motorista, aguardando para seguir rumo à Boa Vista. L.C.S. se aproximou com a espingarda, disparou e atingiu as coisas e o braço do primo, fugindo do local logo em seguida. Os ocupantes do veículo o levaram ao HGR para socorro”, disse.
 
Naquele dia, explicou ainda Sciotti, os policiais realizaram diligências para localizar L.C.S., mas sem resultados.
 
“Diante disso nós instruímos o inquérito policial, representamos pela prisão preventiva, que foi deferida pela 2ª Vara Criminal do Tribunal do Júri e da Justiça Militar e cumprimos hoje”, afirmou.
 
Após a prisão, L.C.S. foi levado à Delegacia onde foi submetido a interrogatório no qual se reservou ao direito constitucional de ficar em silêncio.
 
Após a conclusão de todos os trâmites formais, ele foi conduzido à Boa Vista e entregue na Custódia da Polícia Civil para ser encaminhado para Audiência de Custódia.