Sexta, 01 Outubro 2021 18:19

Polícia Civil prende quatro homens envolvidos em roubo de distribuidora de gás em Nova Colina

Uma das prisões foi efetivada na Vila Nova Colina Uma das prisões foi efetivada na Vila Nova Colina Ascom/Polícia Civil
Agentes do SIOP (Seção de Investigação e Operação) da Delegacia de Rorainópolis cumpriram quatro mandados de prisão nesta quarta-feira (29), contra D. R L. P. S, de 18 anos, H. M L. F., de 20 anos, L. V. A. A., de 20 anos e R. M.S., de 22 anos. Eles são acusados de participação no crime de roubo, registrado na vila Nova Colina, município de Rorainópolis.
 
O crime ocorreu no dia 03 de junho deste ano, em uma Distribuidora de gás, localizada na vila Nova Colina, região Sul de Roraima. No local os acusados renderam três pessoas e roubaram a quantia de R$ 22.000,00 do comércio, e em seguida entraram na residência das vítimas e roubaram joias e aparelhos de telefone celular.
 
De acordo com o delegado titular da Delegacia de Rorainópolis, Cid Guimarães, logo após o roubo, foi registrado um BO (Boletim de Ocorrência) relatando o caso e, na ocasião, a delegada Suébia Cardoso, imediatamente determinou o início das investigações e as diligências para identificar e localizar os autores do crime.
 
Durante as investigações foi identificado que D. R L. P. S acompanhado de H. M L. F., e L. V. A. A., entraram na distribuidora, para cometer o crime.
 
“D. R L. P. S., H. M L. F e L. V. A. A, que portava um revólver calibre 38, entraram na distribuidora, onde estavam dois rapazes e uma moça. Sob forte ameaça roubaram o dinheiro que tinha no cofre e no caixa do estabelecimento, além de cordões de ouro e quatro aparelhos de celular, que estava na casa das vítimas próximas à distribuidora”, detalhou o delegado.
 
Conforme o delegado durante as diligências foi identificado que seis homens haviam participado do crime e todos os envolvidos no roubo faziam parte de uma facção criminosa.
 
“Foi instaurado inquérito policial com relatos das vítimas e, com as provas da participação dos envolvidos no crime, a delegada Suébia Cardoso representou na Justiça pela prisão preventiva dos acusados”, informou Guimarães.
 
Ainda segundo Guimarães o acusado identificado como D. T. C., ficou do lado de fora da distribuidora, dando cobertura aos comparsas. Ele também teve a prisão preventiva decretada, porém encontra-se foragido.
 
“O roubo contou com a participação de vários criminosos. Além dos quatro que estiveram no local do crime, mais dois homens foram acusados de envolvimento no roubo, que são V. D. S e R. M.S. Os dois tiveram a prisão decretada, mas estão foragidos. V. D. S. teria uma função de comando dentro de uma organização criminosa, e foi ele quem autorizou o roubo. Já R. M. S, foi a pessoa que deu apoio e abrigou os criminosos durante o planejamento do roubo”, disse o delegado.
 
Os policiais identificaram que os acusados do roubo dividiram o dinheiro entre os envolvidos, ficaram com dois celulares que não tinham senhas e também dividiram as joias.
 
Os acusados D. R L. P. S, H. M L. F., e, L. V. A. A., tiveram seus mandados de prisão cumpridos na PAMC (Penitenciária Agrícola do Monte Cristo) onde cumprem pena por outros crimes.
 
R. M. S., foi preso na Vila Nova Colina e apresentado nesta quinta-feira (30) para Audiência de Custódia, no Fórum de Rorainópolis, onde teve sua prisão homologada.
 
“Continuamos as diligências para localizar e prender V. D. S., e D. T. C. para, assim, concluirmos o caso que vai seguir ao Judiciário, para darmos o caso como encerrado”, concluiu o delegado