Terça, 28 Setembro 2021 19:55

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra agricultor em Normandia

O agricultor foi notificado pessoalmente da Medida Protetiva concedida pela Justiça O agricultor foi notificado pessoalmente da Medida Protetiva concedida pela Justiça Ascom/Polícia Civil
Policiais Civis do SIOP (Seção de Investigação e Operação) da Delegacia de Normandia deram cumprimento no início da tarde desta terça-feira (28), ao mandado de prisão preventiva expedido em desfavor do agricultor P. F. S., de 24 anos, por descumprimento de Medida Protetiva de Urgência.
 
De acordo com informações prestadas pelo Delegado Titular de Normandia, Rodrigo Gomides, a ex-mulher do acusado registrou um Boletim de Ocorrência contra ele por violência doméstica no dia 31 de agosto. Ela relatou que estava separada dele, mas o homem não aceitava a separação. Ele foi até a casa dela e a agrediu fisicamente e quebrou seu telefone celular. A violência foi constatada por meio de Exame de Corpo de Delito. A mulher solicitou a concessão de Medidas Protetivas de Urgência na Delegacia de Normandia e foi deferida pela Comarca de Bonfim. Desse fato foi instaurado um Inquérito Policial.
 
“Ele foi notificado pessoalmente da Medida Protetiva concedida pela Justiça. No dia 17 deste mês ele foi novamente até a casa dela, à noite, desligou o disjuntor, entrou no escuro e a agrediu. Na ocasião, ela estava com o atual namorado, que conseguiu fugir. A mulher foi agredida e afirmou que quando fugiu da residência dela, ele roubou seu telefone celular. Ela então solicitou novas Medidas Protetivas e encaminhamos à Justiça novamente”, disse o Delegado.
 
Ainda segundo Gomides, pela nova violência praticada contra a vítima, foi instaurado um segundo Inquérito Policial para apurar os crimes de lesão corporal, ameaça, roubo e quebra das Medidas Protetivas.
 
“O Ministério Público Estadual, ao constatar que já havia um pedido de Medida Protetiva, decidiu representar pela prisão dele, que foi deferida pela Justiça. Então diligenciamos e o localizamos em sua residência em Normandia e demos o cumprimento ao Mandado”, disse o Delegado.
 
A prisão dele foi formalizada na Delegacia de Normandia e, posteriormente, o acusado foi levado para Audiência de Custódia na Comarca de Bonfim.