Sexta, 24 Setembro 2021 20:31

Governo investe R$ 100 mil para aquisição de material de consumo para a Polícia Civil

O diretor do Departamento Administrativo delegado Jimmy Santana explicou a importância do investimento para a polícia. O diretor do Departamento Administrativo delegado Jimmy Santana explicou a importância do investimento para a polícia. Ascom/Polícia Civil
Para prestar um atendimento mais humanizado nas delegacias da Capital e do Interior, o Governo de Roraima, por meio da Polícia Civil de Roraima investiu R$ 100 mil em material permanente. São 115 novos equipamentos, entre bebedouros industriais, micro-ondas e purificadores de ar, que serão distribuídos nas delegacias para usufruto direto dos servidores e da população.
 
A verba utilizada na compra dos equipamentos é proveniente do Fundespol/RR (Fundo de Modernização, Manutenção e Desenvolvimento da Polícia Civil do Estado de Roraima).
 
Ao todo, foram adquiridos 35 bebedouros industriais, 40 micro-ondas e 40 aparelhos purificadores de água.
 
O diretor do Departamento Administrativo, delegado Jimmy Santana, explicou a importância do investimento para o trabalho policial.
 
“Os agentes que trabalham na escala de plantão e no expediente, passam dias e noites em delegacias atendendo a população, investigando, participando de operações, cumprindo mandados, entre outras atividades. Esses servidores também têm suas necessidades fundamentais como beber uma água de qualidade e realizar refeições, tudo isso interfere diretamente na qualidade do serviço prestado”, afirmou.
 
A ação, de acordo com Santana, cumpre uma das principais diretrizes da gestão do governador Antonio Denarium que é a valorização dos servidores, dando condições dignas de trabalho.
 
“Essa é uma pequena mostra de todo um trabalho que vem sendo realizado pelo Governo na Polícia Civil. Estamos trabalhando de forma integrada, pensando em todas as vertentes que venham atender aos policiais e aos cidadãos. A gestão do governador e do delegado geral, Herbert de Amorim, têm se mostrado eficaz, desde as ações de grande porte, como a reestruturação predial e de pessoal da Polícia, como de pequeno porte, como a aquisição de bebedouros e micro-ondas, por exemplo. É um trabalho do grande ao pequeno, dos chefes aos
servidores e, consequentemente, à ponta, que é a população. É um trabalho para todos”, concluiu o delegado.
 
O material foi adquirido por meio de licitação e deve ser entregue no mês de outubro.