Quarta, 08 Setembro 2021 21:29

BONFIM- Polícia Civil prende homem acusado de estuprar a prima

BONFIM- Polícia Civil prende homem acusado de estuprar a prima Ascom/Polícia Civil

Os agentes do SIOP (Seção de Investigação e Operação) da Delegacia de Bonfim, que integram a Operação Hórus, cumpriram mandado de prisão preventiva na segunda-feira (06), em desfavor de J. M. M. G, de 20 anos, acusado de estupro.

O crime ocorreu no dia 9 de agosto deste ano, na comunidade Moscou, município de Bonfim, onde ocorreu a prisão do acusado.

De acordo com as informações prestadas pelo delegado titular de Bonfim, Alberto Alencar, o acusado é primo da vítima e o crime ocorreu após a jovem pegar uma carona de motocicleta com ele

“J. M. M. G, estava bebendo com familiares em uma festa em comemoração ao Dia dos Pais, quando a adolescente de 17 anos, quis sair da festa, e o acusado se ofereceu para levá-la a até sua casa. Porém ele passou da sua residência, apesar da jovem pedir que ele parasse”, informou o delegado.

Alberto disse ainda que distante da residência da vítima o acusado J. M. parou a motocicleta e ao descer tentou beijar a vítima, que o empurrou e tentou correr, porém foi alcançada pelo agressor.

“Ele puxou a adolescente pelos cabelos e consumou o ato sexual, estuprando-a”, enfatizou o delegado.

Ainda segundo Alencar, a jovem, conseguiu escapar de J. M. e saiu correndo pela estrada em busca de ajuda, quando se deparou com dois homens, que também estavam em uma motocicleta. Mas, ao invés de apoio os dois homens também a violentaram.

“Violentada, a moça ao seguir pela estrada para pedir ajuda, ainda se deparou novamente com o primo J. M. que novamente a estuprou”, contou Alberto.

A adolescente foi socorrida por um motorista de ônibus, que faz rota pela localidade, por volta das quatro horas da manhã e a levou até sua casa.

No dia seguinte a jovem teve sangramentos e foi amparada por uma enfermeira da SESAI, que a acompanhou até a capital, Boa Vista, e a encaminhou até a Maternidade. Ela realizou vários exames e, em seguida, juntamente com sua mãe e uma advogada foram até o NPCA (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) onde registraram um BO (Boletim de Ocorrência) por estupro. Posteriormente foram encaminhadas até o IML (Instituto de Medicina Legal) para realização de exames de lesão corporal e conjunção carnal.

“Ao tomarem conhecimento de que a jovem havia denunciado o caso à polícia, os pais do acusado ainda pediram que a jovem não o denunciasse”, contou o delegado.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Bonfim, área onde ocorreu o crime para ser investigado. O delegado Alberto Alencar instaurou inquérito policial, ouviu a vítima, várias testemunhas e encaminhou o procedimento ao Ministério Público. Diante da comprovação do crime, o Ministério Público representou pela prisão preventiva do acusado, que foi deferida pela Comarca de Bonfim.

Conforme o delegado, durante o interrogatório J. M. M. G, confirmou ter estuprado a adolescente, justificando que teria cometido o crime por que estava sob efeito de “Caxiri”, misturado com álcool.

J. M. M. G foi apresentado à Audiência de Custódia, na terça-feira (07). Ele foi encaminhado à PAMC (Penitenciária Agrícola do Monte Cristo) onde ficará à disposição da Justiça.

Com relação aos dois homens que estavam na motocicleta e que também violentaram a vítima, a Polícia Civil continua as diligências para identificá-los

“Daremos continuidade às investigações para identificar e localizar os dois homens que também cometeram esse ato criminoso contra a adolescente. As pessoas que praticam crimes não devem pensar que ficarão impunes, a polícia vem trabalhando para cumprir seu papel de proteger a cidadão", finalizou Alencar.