42fddc35 ab57 471e b3d9 8d35afc468b6O caso ocorreu no dia 17.10.17, por volta das 01h36min, na Avenida Flamboyant, no bairro Jardim Primavera.

A vítima Carlos Magno Rodrigues, 22 anos, foi esfaqueada, com um golpe na pescoço, pelo infrator Helton dos Santos Nogueira.

Quanto ao crime, desde o dia do esfaqueamento, investigadores da Delegacia Geral de Homicídios tentavam qualificar e localizar o suspeito, identificado inicialmente apenas como Zé Prego, suposto amigo da vítima.

O infrator foi devidamente identificado e qualificado nas investigações e estava sendo procurado para prestar interrogatório.

Helton, 22 anos, se apresentou na Delegacia Geral de Homicídios,

prestou interrogatório ao Delegado Dr. Cristiano Camapum, titular de Delegacia Geral de Homicídios, e confessou o crime, alegando que deu o golpe de faca na vítima, para se defender de um tentativa de esfaqueamento perpetrada pela vítima, por causa de um desentendimento quanto ao troco da compra de cigarros, no valor de R$ 2,00 (dois reais).

A vítima queria o troco e o infrator não quis entregar, pois não foi a vítima que deu o dinheiro para comprar os cigarros.

As versões das testemunhas já ouvidas não indicam a ocorrência de legítima defesa, não há relatos de que a vítima também estivesse armada.

Helton indicou outras testemunhas que também serão ouvidas.

Helton responderá em liberdade, devido à apresentação com advogado (apresentação espontânea), pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil, (quando o motivo do crime é insignificante) 
(Art. 121, § 2º, inciso II, do CP)

1f95d15b 5c35 4981 9eda 41d01c3e83e42103dab7 3dd7 402e 8063 ef693ae3ff18a62813cc e022 4c6b 9aa2 b810e7c5a599A Polícia Civil de Roraima, através do setor de investigações da Terceira Delegacia de Polícia Distrital, 3° DPD, comandados pelo Delegado Adriano Silva Severino Santos, prendeu no início da tarde de hoje, 07, o nacional Joel Conceição Sousa Junior, vulgo "nego", pela prática dos crimes de posse de drogas ilícitas e receptação.
O referido indivíduo, que já estava sendo investigado pelo setor de operações, estava em atividade suspeita em uma das ruas do bairro união, quando foi visualizado na direção de um veículo com placa oriunda de Manaus e devidamente abordado. No interior do veículo foram encontrados uma porção de drogas ilícitas, dinheiro trocado, Eletro eletrônicos de alto valor, além de produtos subtraídos de um supermercado da região que ainda estavam com as devidas etiquetas de identificação e venda. Em seguida, os agentes foram até o imóvel onde "nego" reside com sua esposa, e ao fazerem buscas pessoais foram encontrados mais objetos oriundos do crime. "Nego" recebeu voz de prisão por receptação, uma vez que afirmou ter adquirido os produtos do furto bem abaixo do preço de mercado, além da posse da droga ilícita. Diante dos fatos, o delegado Adriano Severino determinou a lavratura do auto de prisão em flagrante em desfavor de "nego" pela prática de crimes contra o patrimônio e a saúde pública. O autuado foi encaminhado à central de custódia da PCRR onde ficará a disposição da justiça até a audiência de custódia.

3c421f0b 11c3 4aa9 a2fb 3031ce0b395cffe155d1 d5bb 497d a2a5 252b0f0d5e7c5970c25b 48b9 42f7 a5a9 0c209fc790fdA Polícia Civil de

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Roraima, através da Delegacia de Repressão a Entorpecentes - DRE/ DENARC, realizaram nesta quinta - feira (09) a prisão do nacional de iniciais D. B.S., mais conhecido como PEDREIRO. 

Foi a conclusão de uma investigação desenvolvida pela especializada, tendo como ponto de partida inúmeras denúncias dando conta que na residência do investigado existia a prática ilegal de venda de drogas. 

Diante da constatação do crime de tráfico de drogas, foi realizada uma operação e o investigado acabou preso em flagrante delito. Com ele os policiais encontraram invólucros - com fitas adesivas - contendo maconha e cocaína, além da quantia de R$ 20.512,00 (vinte mil quinhentos e doze mil reais).
O Delegado Titular da DRE, João Evangelista, coordenou os trabalhos e formalizou o procedimento policial encaminhando o caso ao judiciário.

cc282fe9 9287 4d85 9a77 72be83aedad5b552163d 3b6a 4f11 94eb 5e5fd017cd4fA POLÍCIA CIVIL DE RORAIMA, por meio dos agentes da Delegacia de Polícia Interestadual - POLINTER logrou êxito em dar cumprimento ao longo do dia de hoje (25/10), em ações distintas, a três Mandados de Prisão. Tendo em vista uma parceria de resultados satisfatórios firmada com os agentes da Delegacia de Cantá-RR, foi possível efetuar, durante a manhã, em um sítio naquele município, a prisão do(a) condenado(a) NEO DIONEY MACIEL DA SILVA, 30 anos, vulgo PÂMELA / BICO, cabeleireiro(a), em razão das práticas delitivas de atentado violento ao pudor e corrupção de menores, sentenciado(a) de forma definitiva pelo juízo da 1° Vara de Crimes Contra a Dignidade Sexual da Comarca de Boa Vista à pena de 119 anos (cento e dezenove anos) de reclusão em regime inicial fechado. Já no período da tarde, durante uma missão cumprida em um sítio localizado na Vicinal do Au Au, zona rural do município de Alto Alegre, foi preso FRANKMAR CASTRO DE SOUZA, 37 anos, vulgo BIGU, serviços gerais, em cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 1°/2° Vara Criminal do Tribunal do Júri da comarca da capital, pela prática, em tese, do crime tipificado no Art. 121 c/c Art. 14, II, ambos do CP (Tentativa de Homicídio). Após levados à sede da especializada para procedimentos formais, ambos os presos foram submetidos a exames de integridade física no Instituto Médico-Legal (IML) e posteriormente recolhidos no sistema prisional. BICO / PÂMELA na Cadeia Pública de Boa Vista (CPBV) e BIGU na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC). Por fim, foi cumprido o 3° Mandado de Prisão executado na capital, pela prática de Inadimplemento Voluntário e Inescusável de Obrigação Alimentícia. A Polícia Civil reforça que, qualquer pessoa que tenha informações sobre o paradeiro de foragidos da justiça, poderá denunciar através dos telefones 190, 197 e celular (95) 99142-9017, diretamente com a POLINTER-RR, sendo assegurado o anonimato da fonte.