Sábado, 16 Maio 2020 17:31

CHEFES DE POLÍCIA DE RORAIMA FALAM SOBRE O CASO DURANTE COLETIVA

CHEFES DE POLÍCIA DE RORAIMA FALAM SOBRE O CASO DURANTE COLETIVA Ascom/Polícia Civil

Durante a coletiva, o delegado Geral, Herbert de Amorim Cardoso, detalhou sobre a rota de fuga de R. F. R., e do pedido de apoio da Polícia do Amazonas. Cardoso elogiou a atuação de todas as forças integradas da Segurança Pública em Roraima e destacou que, devido ao clamor social, foram concentrados esforços para prender o acusado. Para o delegado Geral, a prisão de R. F. R., foi uma questão de “honra” para as Polícias de Roraima.

“Foi montada uma força tarefa para prendê-lo. Fizemos várias investidas, buscas em estradas, vicinais, pousadas, hotéis e em vilarejos no Sul do Estado. Logo depois, com a informação do acidente de R. F. R., concentramos esforços para prendê-lo em Pacaraima. Foram trabalhos diuturnos. Não houve descanso. Com a prisão dele, queremos destacar o mérito de cada policial envolvido nos trabalhos. Seja ele policial militar, Civil, da Dicap, da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da FICCO. Todos contribuíram para que a prisão fosse realizada”, afirmou.

O Comandante da Polícia Militar, coronel Elias Santana, destacou que na área em que R. F. R., foi preso, no “Morro do Quiabo”, foram realizadas três investidas para localizá-lo, mas somente na terceira foi possível prendê-lo. Santana destacou que os policiais militares que prenderam R. F. R., são integrantes da Companhia da Polícia Militar de Pacaraima e que conhecem bem a região.

O delegado do Amazonas, Paulo Martins, enalteceu o trabalho realizado pelas Polícias de Roraima e disse que o crime praticado contra a jovem Kimberly Mota, causou comoção no Amazonas. Segundo o delegado, o interrogatório de R. F. R., sobre os detalhes do crime praticado em Manaus ocorrerá naquela cidade.

“O serviço das Polícias de Roraima não foi bom. Foi excelente. O crime ocorrido em Manaus foi bárbaro, causou um grande clamor social. Ao sabermos da rota de fuga dele para Roraima, fizemos contato com o delegado Geral e foi montada a força-tarefa que resultou na prisão dele”, disse o delegado.