Quarta, 30 Outubro 2019 18:36

MODERNIZAÇÃO Delegacia Online registra 525 Boletins de Ocorrência em um mês

MODERNIZAÇÃO Delegacia Online registra 525 Boletins de Ocorrência em um mês Ascom/Polícia Civil

Lançada no dia 25 de setembro, a Delegacia Online da Polícia Civil de Roraima já registrou 773 solicitações de BOs (Boletins de Ocorrências), dos quais 525 foram efetivadas. O volume equivale a 11% de registros de Boletins de Ocorrências, colocando a Delegacia Online como sendo a quarta unidade mais procurada pelo cidadão para o registro do documento.

De acordo com o delegado Geral da Polícia Civil, Herbert de Amorim Cardoso, das ocorrências registradas no período, 71% correspondem a registros de extravio de bens, objetos e documentos, 21% são referentes a situações de furto simples e, 8% correspondem a situações de natureza cível de preservação de direitos.

“Com esse volume de registros percebemos a importância da criação da Delegacia Online, como mais uma opção de atendimento ao cidadão, em relação aos nossos serviços. É importante destacar que há tipos de comunicações que não podem ser registradas pela Delegacia Online, uma vez que necessitam demandar outras ações e, desta forma, o cidadão deve ir até uma unidade policial”, disse o delegado geral.

O boletim de ocorrência pode ser registrado por meio do site da Polícia Civil de Roraima no endereço www.pc.rr.gov.br. O cidadão pode clicar em Delegacia Online, e fazer relato. Para isso, o reclamante deverá possuir uma conta de e-mail (correio eletrônico) e acesso à internet para solicitar o registro do Boletim de Ocorrência.

No momento da solicitação a pessoa prestará as informações necessárias ao registro e receberá um número de protocolo.

Após análise pela equipe da Polícia Civil e validação dos dados apresentados, será encaminhado ao e-mail indicado, o respectivo Boletim de Ocorrência ou os motivos pelo qual o registro do Boletim de Ocorrência possa ter sido negado.

"Importante destacar que furtos de veículos, de documentos de veículos e de cheques não podem ser registrados na Delegacia Online. Nestes casos o cidadão precisa ir a uma unidade policial", disse Herbert Amorim, ao relatar que no caso do veículo furtado é necessário lançar a restrição nos bancos de dados do Sistema de Segurança Pública, o que permite sua apreensão em uma situação de ser encontrada em via pública ou nas mais diversas ações policiais no Estado.

Os antecedentes criminais emitidos pela Polícia Civil, por meio do Instituto de Identificação Odílio Cruz, também são emitidos na modalidade online pelo site da Polícia Civil.

O delegado Geral destaca que a Delegacia Online é uma das iniciativas do Planejamento Estratégico aprovado pelo Conselho Superior e visa aproximar a Polícia do Cidadão, por meio da implementação de uma delegacia virtual, de forma que cidadão possa comunicar os fatos à autoridade policial do conforto de sua residência